Imprensa

26-Jul-2018 09:42
Saúde

Santa Casa retoma atendimentos para radioterapia

Os atendimentos de pacientes com câncer que precisam de radioterapia retomam nesta quarta-feira (25) na Santa Casa de Sorocaba, assim como as consultas de pessoas que aguardavam para começar um tratamento. 

A Santa Casa de Sorocaba retoma nesta quarta-feira (25/07) os atendimentos de pacientes com câncer que precisam de radioterapia. Passarão por consultas no local, para posterior início das sessões, pessoas que aguardavam para começar um tratamento. 

O responsável pela radioterapia do hospital, o médico José Carlos Menegocci, explica que a central de regulação do governo estadual -- que faz o direcionamento dos doentes de câncer para seus locais de tratamento, por meio da Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer -- deverá mandar para a Santa Casa cerca de cinco pacientes por dia. Isso porque, ao chegar ao hospital, cada um deles deve passar por uma consulta para que o médico reveja os exames, repita algum, se necessário, e partir daí faça um planejamento para o tratamento, que inclui, inclusive, cálculos físicos sobre o volume de radiação necessário para cada caso. "É um processo um pouco demorado, por isso são encaminhados poucos, para evitar que tenham que aguardar muito tempo." Já depois de iniciadas as sessões, as agendas serão organizadas com o atendimento de um paciente após o outro, na máquina. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, as pessoas que já estão sendo atendidas em outras unidades não serão transferidas para a Santa Casa. Segundo Menegocci, isso é importante para não prejudicar o tratamento, pois existe uma responsabilidade médica e técnica, além de um planejamento para o mesmo. "Cada equipamento emite um tipo de radiação. Para mudar, seria necessário refazer todo o planejamento e interromper o tratamento, o que não é bom para o paciente." Entre estes estão 55 pacientes que no momento estão fazendo suas sessões na clínica Nucleon, conveniada do Estado desde abril de 2016, que recebe o valor mensal de R$ 140 mil para realizar o serviço. 

Referência regional 

A capacidade de atendimento de radioterapia da Santa Casa, com a retomada do serviço, é de 110 a 120 pacientes por mês. Essa, entretanto, não está disponível apenas para os pacientes da cidade, mas para toda a região. Diante disso, Menegocci estima que alguns pacientes da cidade ainda precisarão viajar para outros municípios para se tratar. A situação, ele ressalta, deverá mudar a partir da inauguração da casamata e a chegada do acelerador nuclear. Com o novo serviço, estima o médico, talvez se consiga atender em Sorocaba toda a demanda da região, que possui cerca de 2,5 milhões de habitantes. 

O serviço de radioterapia volta após ter sido desativado há dois anos, quando se esgotou a vida útil da pastilha de cobalto do equipamento da Santa Casa. Após tratativas para conseguir uma pastilha -- que passaram, inclusive, pela vinda de uma doada que não se adaptava à máquina -- uma clínica particular da cidade de Santo André doou, para Sorocaba, uma bomba de cobalto. O espaço físico, anexo ao hospital, usado para abrigar os pacientes em tratamento de radioterapia também foi reformado, com R$ 100 mil obtidos por doações dos fiéis do santuário São Judas Tadeu.

Jornal Cruzeiro do Sul
Deixe seu Recado