Imprensa

12-Mar-2019 15:18
Crime

Polícia do Rio prende suspeitos do assassinato de Marielle Franco

Um policial militar reformado e um ex-PM foram presos na madrugada de hoje suspeitos de participação direta no assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) e do seu motorista, Anderson Gomes.

Um policial militar reformado e um ex-PM foram presos na madrugada de hoje suspeitos de participação direta no assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) e do motorista do carro em que ela estava, Anderson Gomes. O crime completa um ano na próxima quinta (14).

O policial reformado Ronnie Lessa, 48, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, 46, foram alvos da Operação Lume, realizada em conjunto pela Polícia Civil com o MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro). Segundo a Promotoria, Lessa é apontado como o autor dos disparos que matou os dois. Já Queiroz, que foi expulso da PM, estaria conduzindo o carro usado no crime, de acordo com as investigações.

Os dois foram denunciados pelo MP por duplo homicídio qualificado.

Leia mais: Suspeitos da execução de Marielle Franco são presos no Rio de Janeiro

 

Marielle, Divulgação
Marielle Franco (PSOL), vereadora do Rio de Janeiro, assassinada em 14 de março de 2018Divulgação

UOL
Deixe seu Recado