Imprensa

15-Jan-2019 08:41
Transporte

Passagem de ônibus em Sorocaba vai a R$ 4,40 a partir do dia 22

Tarifa para estudantes passará de R$ 2 para R$ 2,70 e o vale-transporte vai de R$ 5,25 a 5,90.

O usuário do transporte coletivo urbano de Sorocaba pagará mais pelo serviço a partir do dia 22, anunciou nesta segunda-feira (14) o titular da Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade e presidente da Urbes, Luiz Alberto Fioravante. O passe social subirá de R$ 4,20 para R$ 4,40. No domingo, dia em que o sistema operava com tarifa diferenciada para o passe social, o preço também será de R$ 4,40 ante os atuais R$ 4,00. A tarifa para estudantes passou de R$ 2 para R$ 2,70 e o vale-transporte foi de R$ 5,25 a 5,90. Os passes com os valores atuais podem ser adquiridos até o dia 21.

Conforme Fioravante, o aumento de 4,76% levou em consideração uma “cesta de índices” relacionados aos insumos e custos do sistema de transporte que variaram de 4,42% a 8%. “O estudo que nós fizemos foi até com outras cidades paradigmas, que também tiveram aumento de tarifa”, argumenta. “Fizemos dentro do tradicional, dentro do aceitável”, acrescenta.

Fioravante também comentou que a Urbes pretende reduzir o subsídio pago às operadoras (Consor e STU) de R$ 80 milhões para R$ 65 milhões neste ano e relembrou que 50 novos ônibus foram colocados em circulação no ano passado, com previsão de mais 30 carros novos até abril deste ano. Por fim, o secretário alegou que a implantação do sistema BRT, previsto para o ano que vem, não influenciará nos futuros reajustes da tarifa.

Reajustes diferenciados
O reajuste de 4,76%, informado pelo secretário Fioravante, diz respeito somente à tarifa social. O aumento nos demais tipos de passes foi bem maior que a inflação. O passe estudante teve o maior reajuste — de 35%. O segundo maior reajuste ficou para a tarifa de domingo, que aumentou 10%. Na sequência, o vale-transporte apresentou aumento de 8,5%.

Em 10 anos, o valor do vale-transporte de Sorocaba aumentou mais de 100%. De acordo com os dados disponibilizados pela Urbes, em 2009, o valor era de R$ 2,59. Com o reajuste anunciado ontem, a reposição acumulada será de 128%. No caso do passe estudante, o aumento acumulado nos últimos 10 anos foi de 80%. Já no caso do passe social, o aumento acumulado foi de 76%.

A tarifa diferenciada do transporte coletivo da cidade, criada em 2007, terminou. Chamado inicialmente de “Domingão a R$ 1”, o programa ficou sem alterações no valor até 2013. No ano seguinte, no governo de Antonio Carlos Pannunzio, houve a primeira mudança no valor. Atualmente, custa R$ 4,00.

Jornal Cruzeiro do Sul
Deixe seu Recado