Imprensa

04-Ago-2009 12:31
Notícia

França levanta novo questionamento sobre escritório na China

Nesta terça-feira (4/7), na primeira Sessão Ordinária da Câmara Municipal após o recesso, o vereador Francisco França (líder do PT) apresenta requerimento cobrando explicações do prefeito Vitor Lippi sobre o escritório na China, já que recentemente, tanto o prefeito quanto o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Dias Batista Ferrari deram declarações sobre o desinteresse em manter as atividades na cidade de Wuxi.

O secretário declarou durante entrevista que não existe mais nenhum contato com o escritório, que operava na informalidade e que não foi feito nenhum acordo por lá. Já o prefeito Vitor Lippi, durante entrevista coletiva à imprensa, no dia 29 de julho, disse que enquanto o escritório trabalhou na informalidade foram feitos vários contatos com empresas, inclusive algumas delas de Sorocaba, mas apesar da informalidade, não era ilícito.

Porém, chamou a atenção do vereador, o prefeito dizer na mesma entrevista que existe um relatório das atividades do escritório naquele país, mas que está em poder do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Daniel de Jesus Leite, além de declarar que para regularizar o escritório na China teria de ser realizada uma série de coisas complicadas, então achou melhor não continuar com o escritório que foi implantando em Wuxi em outubro de 2008.

Para França, é inadmissível um relatório que traga todas as atividades esteja nas mãos do ex-secretário, já que é de interesse do município e, pior, um prefeito de uma cidade tão importante, afirmar que por achar complexo regularizar o escritório, que segundo ele mesmo, é de interesse público, resolveu paralisar suas atividades. Por isso o vereador questiona o conteúdo do relatório e o repentino desinteresse do executivo em manter o escritório em funcionamento na China.

Assessoria de Imprensa
Deixe seu Recado