Imprensa

13-Fev-2019 13:59
Meio Ambiente

Após críticas, ministro do Meio Ambiente diz que o que acha de Chico Mendes é "irrelevante"

“Que diferença faz quem é Chico Mendes nesse momento?”, perguntou.

 

,
Ricardo Salles

Ministro Ricardo Salles (dir.) diz que Chico Mendes é irrelevante

Após ser alvos de críticas até do vice-presidente, General Hamilton Mourão (PRTB), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, minimizou as declarações sobre o ambientalista Chico Mendes, feitas no programa Roda Viva, na segunda-feira (11).

“A discussão sobre o que eu acho dele é irrelevante”, disse Salles à coluna de Mônica Bergamo, na edição desta quarta-feira (13) da Folha de S.Paulo, ressaltando que, na verdade, quis afirmar é que a opinião que tem sobre Mendes é que não tem importância, e não o ambientalista.

Durante a entrevista ao programa “Roda Viva”, Salles afirmou que não conhecia o seringueiro e ambientalista. Depois, acrescentou que “ouvia história dos dois lados” e que as pessoas ligadas ao agronegócio acusavam Chico Mendes de “usar seringueiros para se beneficiar”.

O ministro declarou, também, que a discussão sobre o seringueiro era “irrelevante”. Com a insistência, disparou: “Que diferença faz quem é Chico Mendes nesse momento?”, perguntou.

O assunto chegou aos temas mais comentados no Twitter. Mourão rebateu as declarações do ministro do Meio Ambiente. “O Chico Mendes faz parte da história do Brasil na defesa do meio ambiente. É história. Assim como outros vultos passaram na nossa história”, declarou Mourão, de acordo com informações de Lisandra Paraguassu, da Reuters.

No início da noite, Salles usou sua conta para comentar o caso.

 “No campo dos esquerdopatas tudo é pretexto para não trabalhar. Quando disse que não achava relevante ficar discutindo opinião sobre Chico Mendes era justamente para evitar gastar energia com coisas improdutiva”, criticou.

Revista Fórum
Deixe seu Recado